quinta-feira, 14 de abril de 2016

A Nobre Arte da Projecção em Película



"It kills me that nobody wants film anymore."

Em THE DYING OF THE LIGHT, Peter Flynn concentra atenções nos homens e mulheres que, durante mais de cem anos, exibiram — com declarada paixão e, claro, ressentimento pelo contemporâneo "estado digital" da profissão de projeccionista — Cinema em película.

Todavia, nos recônditos espaços de teatros e salas de cinema em ruína, antigos arcos voltaicos e enferrujadas rebobinadoras ainda estão (quase) plenamente funcionais para uma projecção em 35mm...



THE DYING OF THE LIGHT foi exibido no DOC NYC Film Festival e em Roterdão. Haverá algum festival, no nosso país, que não hesite em exibi-lo por cá?

0 comentários:

Enviar um comentário